22 de maio de 2022
  • 10:43 É preciso remover o bolsonarismo no 1º turno, porque ele é o chorume do lixo da Globo
  • 16:23 Não sei se Duvivier foi bem no debate, mas sei que Ciro foi mal
  • 11:15 Sem abrir vagas suficientes, prefeitura deixa 15 mil pessoas no frio das ruas de São Paulo
  • 10:12 Elon Musk: “Vamos dar golpe em quem quisermos! Lide com isso”
  • 21:34 Vídeo: A visita de Elon Musk trouxe algum benefício ao Brasil? Baixou preço dos alimentos e combustíveis?

Encarregado de Negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, disse que a invasão era esperada desde os ataques em massa de hackers contra sites nacionais e contas de autoridades do país.

“Esperamos que a comunidade internacional fortaleça as nossas defesas com armas”, disse o encarregado de Negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, na manhã desta quinta-feira (24/2), em entrevista coletiva on-line. Na ocasião, Tkach também disse que a invasão era esperada desde os ataques em massa de hackers contra sites nacionais e contas de autoridades locais, informa o Correio Braziliense.

Agora, de acordo com o entrevistado, a Ucrânia mantém apelos internacionais de apoio à resistência local e aguarda uma posição do governo brasileiro quanto ao conflito. “Esperamos dos países parceiros a condenação do ataque e ajuda à Ucrânia, seja financeira, de combustíveis, armas e mísseis”, explicou.

Em relação ao Brasil, que manifestou “solidariedade” à Rússia durante uma visita do presidente Jair Bolsonaro na última semana, Tkach disse estar em contato com as autoridades brasileiras. “Estamos esperando que o Brasil condene o ataque russo à Ucrânia”, reforçou.

Quanto ao resgate de brasileiros em território ucraniano, Tkach explicou que o espaço aéreo ucraniano está fechado, porém, existem conversas sobre a repatriação de pessoas oriundas de outros países que estão na Ucrânia. “Os voos estão cancelados e haverá um momento que poderão retornar. Em breve, o governo terá uma seleção de pessoas que poderão retornar para a sua casa”.

Tkach evitou, durante a coletiva, manifestar insatisfação contra o governo brasileiro. “Ainda esperamos que o governo brasileiro se manifeste”. Anteriormente, como a Ucrânia havia pedido “equilíbrio” ao governo brasileiro diante do iminente conflito, agora é preciso considerar as restrições. “Uma visita agora, com o espaço aéreo fechado, não é possível”.
Sanções

Para Tkach, os países que mantêm relações diplomáticas com a Ucrânia devem formar uma rede de apoio.”Agora, é a segurança do país ucraniano que está em questão, porém, futuramente, é a dos cidadãos europeus”, resumiu.

Siga-nos no Telegram

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197
Operação: 1288
Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: