18 de maio de 2022
  • 09:23 Bolsonaro ajuíza processo contra Moraes no STF por abuso de autoridade
  • 22:29 Privatização da Eletrobras: ministro do TCU Vital do Rêgo dirá em seu voto que estatal está sendo ‘saqueada’
  • 21:31 Bolsonaro segue dando o golpe do golpe para não falar da inflação descontrolada que está massacrando o povo
  • 18:48 CASSADO: Alesp cassa mandato do deputado Mamãe Falei, Arthur do Val, que fica inelegível
  • 17:01 Vídeo: Em Sergipe, Bolsonaro ouviu gritos de “Lula”

De juiz, Sergio Moro virou ministro, candidato a presidente, agora a deputado e vai terminar disputando a tapa vaga de vereador em Maringá.

Como se pode observar, Moro é vítima de suas próprias limitações. São as fronteiras que ele com a mente a partir de sua incapacidade intelectual.

De cara, Moro, ainda juiz, acreditou ter destruído Lula, acreditou que o latido de um cão espantaria o leão, quando se sabe que, na verdade, o cão ladra por medo e não por valentia.

Isso ficou estampado no primeiro encontro de Lula com Moro, deixando claro as léguas de distância entre Lula que veio de onde veio e chegou aonde chegou. E Moro, que utilizou uma instituição do Estado e os holofotes da mídia para tentar forjar um personagem de plástico e, assim, transformar-se num candidato competitivo para a presidência da República.

O fato é que a realidade acendeu uma vela no meio de uma escuridão de quem ficou cego pela vaidade e, aos poucos, foi trocando sua ambição por injúrias contra Lula, deixando claro que o próprio já não acreditava mais em si.

A desistência da candidatura seria só uma questão de tempo, e esse dia parece que chegou ao poço.

Agora, Moro trocou de partido como quem troca de camisa, mas teve que calçar fo5rçadamente as sandálias da humildade e tentar disputar uma vaga na base da boiada para a Câmara Federal, porque nem para o Senado a sondagem lhe encorajou tentar, deixando claro pra ele que há limites bem definidos para a artificialidade e que a mídia que o inventou pode muita coisa, mas não pode tudo, principalmente quando se tem como oponente Luiz Inácio Lula da Silva.

Siga-nos no Telegram

Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197

Operação: 1288

Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768 – CPF

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: