16 de janeiro de 2021
  • 14:45 Desde novembro governador do Amazonas sabia que oxigênio de hospitais era insuficiente
  • 13:29 Bolsonaro disse ter feito sua parte, e fez, promoveu aglomerações e se omitiu na ajuda a Manaus
  • 11:00 Vítimas do próprio discurso, morte de médicos se transformou numa epidemia dentro da pandemia
  • 21:23 “O Brasil é maior que Bolsonaro”: vídeo com artistas critica presidente e ganha redes
  • 20:32 Depois da Venezuela, agora é a China, considerada inimiga por Bolsonaro, que acode o Amazonas

Bolsonaro sabe que os próximos cinco ou seis meses serão decisivos. Eles poderão trazer o êxito que lhe permitirá conservar a popularidade para concorrer à reeleição, ou a ruína completa de seu governo. As adversidades recentes têm aumentado sua irritação, levando-o a rasgar, como fez ontem, a fantasia que vinha usando desde a prisão de […]

READ MORE