25 de julho de 2021
  • 18:34 Vídeos e imagens do 24J pela queda de Bolsonaro; vai ser cada vez maior
  • 17:47 É preciso calar a negação’ música pelo impeachment de Bolsonaro é lançada por artistas
  • 16:14 Ato em São Paulo tem cartaz com ‘e-mails da Pfizer’ a Bolsonaro
  • 14:54 Partidos não querem a filiação de Bolsonaro
  • 13:51 Com baixa vacinação, variante delta dispara e prolifera no mundo

Chutando cachorro morto.

“Antes de você prender uma pessoa, investigue. Busque provas, comprove aquilo. E depois você prende. Senão você vai destruindo carreiras, profissões, nomes, empresas, setores”, Diz Johnny Saad a empresários sobre a Lava Jato.

Em evento realizado pelo canal BandNews com empresários brasileiros na segunda-feira (17), o dono do Grupo Bandeirantes, Johnny Saad, afirmou que o combate à corrupção não pode “destruir empresas nacionais”.

“Nenhuma das empresas internacionais que se envolveu no escândalo da Petrobrás ou em outros escândalos foi destruída. Penalize quem fez, mas não se penalize a empresa”, concluiu o empresário.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) comentou a declaração: “a elite acordou para a tragédia que é a Lava Jato? Dono da Band critica a destruição econômica causada por Sérgio Moro e Deltan Dallagnol à frente da #LavaJato e a serviço dos Estados Unidos“.

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: