12 de abril de 2021
  • 21:23 Senador Kajuru grava conversa com Bolsonaro que revela que ele quer derrubar ministro do STF
  • 17:30 Vídeo: Globo e Merval, as últimas carpideiras da Lava Jato
  • 16:56 A cômica lambança do bolsonarista Cajuru no seu pedido da CPI da covid contra Bolsonaro
  • 14:10 Em função do orçamento, mercado calcula risco de impeachment de Bolsonaro
  • 12:55 A mídia insiste em sustentar uma farsa para se blindar da acusação de ser parte da tragédia

“Essas pessoas que reclamam que não têm emprego… Vai ser patrão! Vai enfrentar uma CLT! Contrate dez pessoas com a CLT pra ver a barra pesada que é”, declarou Bolsonaro.

Na mesma entrevista, nesta segunda-feira (5), em que declarou que fritar hambúrguer nos EUA dava dignidade – enquanto no Brasil, não –, o presidente Jair Bolsonaro também saiu em defesa do empresariado, em detrimento dos trabalhadores, e disse, em tom irônico, que vai estimular as pessoas a abrirem empresas para ver como é difícil ser empregador.

“Vive sufocado! Muita gente reclama que quer emprego e critica os patrões. Tenho conversado com o Paulo Guedes que gostaria de apresentar um programa ‘Minha primeira empresa’. Essas pessoas que reclamam que não têm emprego… Vai ser patrão! Vai enfrentar uma CLT! Contrate dez pessoas com a CLT pra ver a barra pesada que é. Sei como é difícil a vida dos empregados, mas a do patrão é também”, disse o presidente à jornalista Leda Nagle.

Ele ainda atacou os direitos trabalhistas, dizendo que eles impedem o empreendedorismo. “A mesma coisa é direito trabalhista. Tudo que é demais atrapalha. Muito amor até atrapalha… É tantos direitos! O que o patrão que quer empreender faz? Contrata o mínimo possível e paga o mínimo possível… Pra, quando tem uma rescisão lá na frente, ser o mínimo pra você pagar”, afirmou.

Na mesma entrevista, nesta segunda-feira (5), em que declarou que fritar hambúrguer nos EUA dava dignidade – enquanto no Brasil, não –, o presidente Jair Bolsonaro também saiu em defesa do empresariado, em detrimento dos trabalhadores, e disse, em tom irônico, que vai estimular as pessoas a abrirem empresas para ver como é difícil ser empregador.

 

 

*Com informações da Forum

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: