28 de julho de 2021
  • 20:50 Corregedoria do MP pede demissão de procuradores da Lava Jato do Rio
  • 19:55 Pesquisa mostra Ciro Gomes, com 3,3%; está dando certinho sua campanha de ódio contra Lula
  • 17:16 Dallagnol e esposa compram segundo apartamento em condomínio de luxo de Curitiba
  • 16:13 A prisão de Paulo Galo e o perigo do juiz da esquina
  • 15:37 Justiça decreta prisão temporária de Paulo Galo, dos Entregadores Antifascistas, por fogo na estátua de Borba Gato

Senador por Pernambuco, onde 30 toneladas de óleo foram retiradas das praias por voluntários e ambientalistas neste sábado, diz que ‘esquecido pelo governo, o povo tomou as rédeas da situação e foi sozinho salvar seu litoral’, mas que a fatura será cobrada “com juros e correção”.

Em meio às notícias de que o óleo vazado no litoral do Nordeste chegou a praias de Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT-PE) cobrou duramente as autoridades neste domingo 20 e exaltou o trabalho de voluntários, funcionários da Prefeitura e ambientalistas para a retirada do petróleo no mar e na areia.

Segundo o Ibama, o petróleo derramado atingiu 194 pontos do Nordeste brasileiro. De acordo com o almirante Leonardo Puntel, comandante de Operações Navais e que coordena as operações relacionadas ao desastre ambiental, as manchas de óleo que atingiram os nove estados da Região Nordeste estão agora concentradas em Pernambuco.

“Esquecido pelo presidente, o povo pernambucano tomou as rédeas da situação e foi sozinho salvar seu litoral. Mas a gente vai cobrar essa fatura com juros e correção”, postou o parlamentar no Twitter.

“Para que não se esqueça que são os nordestinos que estão salvando o litoral brasileiro no braço enquanto o presidente foi pra China!”, provocou ainda, em outra postagem. Bolsonaro embarcou neste sábado 19 para um giro de dez dias por Japão, China e Oriente Médio, de onde retornará no dia 31.

A jurista Liana Cirne Lins, professora de Direito da Universidade Federal de Pernambuco, afirmou neste sábado à TV 247 que a Marinha do Brasil tem condições tecnológicas e de pessoal para recolher o óleo em grandes quantidades, como fez pela primeira vez neste sábado. Assista ao final desta matéria o programa Boa Noite 247, que tratou do tema.

 

 

*Com informações do 247

 

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: