25 de junho de 2022
  • 11:13 Aliados de Bolsonaro temem novas revelações e operações da PF
  • 10:09 Tentando segurar com as mãos os novos ventos que virão, mídia faz críticas vazias a Lula.
  • 21:18 Vídeo: Ataque de fazendeiros a indígenas em Mato Grosso do Sul deixa feridos e desaparecidos
  • 18:48 Família Dallagnol é cobrada pelo Incra em R$ 147 milhões por sobrepreço em desapropriação de terras
  • 17:37 Milton Ribeiro, em ligação com a filha, diz que Bolsonaro ligou alertando sobre busca e apreensão

O advogado Eduardo Goldenberg deu uma pista nesta sexta-feira (22) sobre uma “bomba” que promete sacudir Brasília em breve. O assunto tem sido comentado nos bastidores e compartilhado por figuras como o jornalista Ricardo Noblat, da Veja, e parece envolver a presença de uma terceira pessoa no carro usado para assassinar a vereadora Marielle Franco, em 14 de março de 2018.

Goldenberg, que ficou conhecido por revelar a ação do Ministério Público que condenava uma funcionária da Receita Federal por desaparecer com o processo contra a Globopar, tem usado o Twitter nos últimos dias para comentar sobre uma informação que estaria fazendo o “chão tremer” no Distrito Federal e, pela primeira vez, adiantou o furo.

“Vai ter gente achando que eu tô brincando. Mas atenção: quem era o 3º elemento dentro do carro de onde saíram os disparos que mataram Marielle Franco?! Preparem-se: 💣💣💣💣💣”, publicou. Ricardo Noblat, da Veja, deu retuíte na mensagem.

As investigações realizadas até agora apontam que estavam no carro Élcio Queiroz e Ronnie Lessa.

https://twitter.com/edugoldenberg/status/1197970606505025536?s=20

 

 

*Com informações da Forum

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. Welton Yudi Posted on 22 de novembro de 2019 at 21:27

    Começa com Car e termina com luxo??

    Reply
  2. fabio paiva fagundes Posted on 22 de novembro de 2019 at 23:48

    Quem será este pavão misterioso?

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: