23 de setembro de 2020
  • 13:25 Lula foi convidado pela ONU para discursar e diminuir a vergonha que o Brasil passou com Bolsonaro
  • 12:18 Mundo quer distância do Brasil de Bolsonaro. Fuga de dólares e investidores internacionais é recorde
  • 11:03 Para quem acha que a escravidão foi boa para os negros, culpar os índios pelos incêndios na Amazônia, seria fatal
  • 09:59 Depois do discurso delirante de Bolsonaro na ONU, a ressaca. Relatório prevê déficit de 861 bilhões no Orçamento
  • 22:26 Após 5 anos, Lava Jato admite o que sempre soube, palestras de Lula eram legais

A namoradinha do Brasil disse que vai dar a resposta amanhã.

Conhecida por suas posições de direita, diz estar animada com a possibilidade.

Lógico que essa informação de Mônica Bergamo vai colocar mais gasolina na fogueira porque Regina Duarte, em suma, é a variedade perfeita de aspectos para a unidade do plano de Bolsonaro para a cultura.

Comove ver, num intervalo tão curto de tempo, o nome de Regina Duarte ser o primeiro nos planos do criador da cultura da década, como dito na profecia nazista de Alvim.

Regina Duarte é praticamente o escapulário do espírito bolsonarista, ou seja, ela é imprescindível nesse governo, seja de modo simbólico, seja de modo prático, Regina trata dos assuntos da direita com um carinho desarvorado.

A última vez em que esteve em cena foi ao lado de Dória, trazendo o significado da estupidez humana que o governo do janota representa, posando ao lado dele de vassoura na mão como uma réplica de Jânio Quadros. Sem falar do seu ativismo na campanha de Bolsonaro.

Sim, é a mesma Regina Duarte que, na campanha de Fernando Henrique para prefeito de São Paulo, gravou um vídeo em prol de FHC, dizendo-se com medo dos nazistas, no caso do próprio Jânio, campanha esta que desembocou no maior vexame de FHC, que sentou na cadeira do prefeito antes da hora, possivelmente com os aplausos de Regina quando quem ganhou a disputa foi o próprio Jânio Quadros, o qual Regina, mais tarde, encarnou ao lado de Dória. Ou seja, nem durepoxi é mais modelar que a namoradinha do Brasil.

Regina Duarte não pode ver um nazista que já quer namorar e casar. Coitada da cultura brasileira!

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

3 COMMENTS

  1. Paulo Souza Posted on 17 de janeiro de 2020 at 18:26

    MAIS UMA PIADA SEM GRAÇA DO BOZO….. REGINA DUARTE DARIA O ÚLTIMO PREGO EM SEU CAIXÃO….

    Reply
  2. rita de cássia cruz Posted on 17 de janeiro de 2020 at 21:18

    Pois é, hoje temos como provável ministra da cultura, que agora é secretária, uma atriz medianamente talentosa, latifundiária, favorável a invasão de terras indígenas para ruralistas se darem bem e o gado dela pastar. Uma pessoa que disse num domingão da vida que no país não trabalhava quem não queria – um pouco antes do fhc sair, deixando o país como deixou – sendo que ela, na época ganhava R$ 50.000,00 mensais para fazer uma novela por ano. E ainda teve o desplante de dizer que tinha medo, que tinha muito medo de uma possível eleição do Lula…

    Reply
  3. newton antonio fonseca do amaral Posted on 21 de janeiro de 2020 at 13:14

    GENTE, NADA MELHOR PARA SUBSTITUIR O NAZISTA E AMENIZAR O CLIMA : TEREMOS AGORA A PRÓPRIA VIÚVA PORCINA COMO RESPONSÁVEL PELA CULTURA NESTE PAÍS.REGINA DUARTE, ACOMETIDA DE ALZHEIMER SERÁ UMA ÓTIMA SECRETÁRIA, IDEAL PARA PROPAGAR AS IDÉIAS FASCITONAZISTÓIDES DO BOZO.

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: