25 de julho de 2021
  • 17:05 Ao lado de Joice Hasselmann, Marido diz que ‘Eu nunca agredi ninguém, jamais faria isso’
  • 15:50 Quando a direita vai entender que ela tem prestar contas ao povo e não à esquerda?
  • 14:52 Ciro Nogueira é investigado em inquéritos sigilosos por beneficiar empreiteiras
  • 14:11 Pegasus: vazamento revela abuso de espionagem cibernética
  • 12:05 Investigado por tráfico de influência, filho de Bolsonaro fez permuta para se hospedar em ‘casa dos sonhos’

Mais uma farsa do ex-juiz Sérgio Moro foi desmontada.

Segundo análise minuciosa de Daniel Cerqueira, nos quatro meses após o início do “Programa Em Frente Brasil”, criado pelo atual ministro da Justiça, o número de homicídios em Cariacica (ES) não apenas não diminuiu como cresceu 22,2%.

O projeto-piloto “Em Frente, Brasil” (PEFB), de enfrentamento à criminalidade violenta foi lançado em 29 de agosto do ano passado pelo Governo Federal. Naquele momento, cinco municípios foram escolhidos para a sua implantação inicial, sendo eles: Ananindeua (PA); Paulista (PE); Cariacica (ES); São José dos Pinhais (PR); e Goiânia (GO).

Desde então várias autoridades e veículos de comunicação alinhados ao governo têm louvado e feito panegíricos à tão esperada política pública de segurança, finalmente implementada e que teria sido responsável por fazer diminuir o número de homicídios nas cidades escolhidas. Naturalmente, um total exagero, mesmo porque não há como avaliar o sucesso ou o fracasso de qualquer programa em lapso de tempo tão curto.

Ou seja, ideia de Moro faz violência aumentar.

Daniel Cerqueira é doutor em economia, autor de “Causas e Consequências do Crime no Brasil” e membro do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Resultado da análise do especialista foi publicada hoje (29) pela Folha de S.Paulo.

Propaganda enganosa

O projeto Em Frente Brasil é vendido pelo presidente Bolsonaro e Sérgio Moro como algo milagroso, capaz de acabar com a criminalidade no País.

A análise criteriosa feita pelo especialista, no entanto, mostrou que tudo não passa de propaganda enganosa.

 

 

*DCM

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: