10 de maio de 2021
  • 22:15 Procurador pede ao TCU investigação sobre os R$ 3 bilhões do Orçamento secreto que Bolsonaro deu a parlamentares governistas
  • 19:18 STF dá 48 horas para Anvisa explicar em detalhe o que falta para análise definitiva da Sputnik V
  • 17:03 O nascedouro do ódio no Brasil está nas classes média e alta, a mídia só difunde
  • 15:30 Vídeo: Com escândalo do Bolsolão, Lira tenta golpe mudando o regimento da Câmara
  • 13:34 Pazuello pode ser preso se não falar a verdade à CPI, diz Randolfe Rodrigues

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) acaba de punir o procurador Deltan Dallagnol com a sanção de censura por interferência na votação para a presidência do Senado em 2019. Foram 9 votos a 1.

Votaram pela punição os conselheiros Otavio Luiz Rodrigues Jr, Oswaldo D’Albuquerque, Sandra Krieger, Fernanda Marinela, Luciano Nunes Maia, Marcelo Weitzel, Sebastião Caixeta, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho e Rinaldo Reis.

A denúncia foi feita pelo próprio senador e o julgamento havia sido suspenso depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), pelo ministro Celso de Mello.

“(Deltan) sentiu-se no direito de interferir nas eleições pra presidente do Senado. Não eram meras manifestações de apreço ou desapreço. Ele foi além: incentivou uma campanha contra o sistema de votação”, afirmou o relator do processo Otavio Rodrigues.

*Da redação

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Pingback: CNMP pune Deltan Dallagnol – Antropofagista | THE DARK SIDE OF THE MOON...
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: