12 de abril de 2021
  • 21:23 Senador Kajuru grava conversa com Bolsonaro que revela que ele quer derrubar ministro do STF
  • 17:30 Vídeo: Globo e Merval, as últimas carpideiras da Lava Jato
  • 16:56 A cômica lambança do bolsonarista Cajuru no seu pedido da CPI da covid contra Bolsonaro
  • 14:10 Em função do orçamento, mercado calcula risco de impeachment de Bolsonaro
  • 12:55 A mídia insiste em sustentar uma farsa para se blindar da acusação de ser parte da tragédia

Bolsonaro, com seu comportamento sabotador de instinto assassino, fuzila por dia, em média, mais de mil e trezentos brasileiros de diferentes gêneros e de todas as idades.

Bolsonaro produziu praticamente 255 mil mortes por covid-19 e nada acontece com ele.

Pior, ele avança na sua sanha de matar mais e mais pessoas.

E daí?

Ele não se vê ameaçado por nenhuma instituição.

E não adianta falar que a imagem das Forças Armadas foi destruída por essa carnificina.

Os militares brasileiros que participam desse governo, estão muito mais preocupados com a imagem das contas bancárias do que com a instituição.

Tanto que Bolsonaro dobra a presença de militares em cargos estratégicos no governo e coloca de vez as Forças Armadas como sócia do genocídio.

Qualquer um que participar desse governo, tem responsabilidade no extermínio de brasileiros promovido pelo psicopata Bolsonaro.

No caso dos militares, a coisa é ainda mais grave.

O Ministério Público está mudo, com medo do monstro.

O STF usa paliativos para compensar a tragédia sanitária promovida por uma presidente que tem sérios distúrbios mentais que podem ser aferidos por qualquer especialista.

Mas a mortandade por covid no Brasil aumenta na mesma medida que Bolsonaro sabota qualquer forma de prevenção, seja vacinação, distanciamento social ou uso de máscaras e higiene pessoal.

O que explica essa matança promovida por ele que não seja a sua própria loucura?

Benjamin Netanyahu, pelo menos para Israel, assumiu pessoalmente a campanha pela vacinação e é de extrema direita raivosa.

Por isso não tem nada que justifique essa chacina diária que Bolsonaro promove no Brasil sem ser incomodado em seu cargo pelo Congresso que, por sua vez, age como se suas ações fossem naturais e que estão incluídas no pacote democrático de direitos de um presidente.

Ou seja, basta ser presidente no Brasil que passa a ter permissão para matar mais de mil e trezentas pessoas diariamente.

E não se sabe o que é pior, se o vampirismo sem limites que Bolsonaro promove no país, ou a covardia dos outros poderes e instituições que ainda, calados, permitem sua permanência na presidência quando era para estar preso e respondendo por seu morticínio.

Quantos mil brasileiros precisam ir para o matadouro para Bolsonaro ser arrancado da presidência?

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Siga-nos no Telegram: https://t.me/joinchat/IMjlP7niNwYSId8X

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. Pingback: Um presidente tem carta branca para produzir matanças? Ninguém entende como Bozo não foi arrancado da presidência  – Brasdangola Blogue
  2. Evair Nunes Posted on 28 de fevereiro de 2021 at 14:00

    Sem mobilizações populares, às quais como as de 2020 das torcidas organizadas, equivocadamente ou de má fé denominadas de genocidas pela loira burra neoliberal, trazida à CNNBrasil de Edir Macedo, pelo próprio, srta. Gabriela Priolli! Denominação essa que paralizou as lideranças de esquerda por medo de também serem assim taxadas, enquanto a população trabalhadora continuava a infectar-se aos milhares nos transportes públicos, pois que não tiveram o auxílio necessário, no tempo e quantidade suficiente por parte do governo do miliciano que está presidente! Não haverá como tirar o genocida louco? Não, muito são, seu projeto é a destruição, como o próprio disse, logo depois de eleito, eu vim para destruir! #AfastamentoDeBolsonaroUrgente

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: