30 de setembro de 2021
  • 17:32 Pesquisa Ipespe: Lula está 15 pontos à frente de Bolsonaro e venceria adversários no segundo turno
  • 15:50 Ciro Nogueira deu cargo com salário de R$ 13 mil à esposa de seu secretário-executivo
  • 15:14 Lula obtém sua 20ª vitória na justiça contra Moro e caso do sítio de Atibaia é enterrado
  • 13:21 Vídeo: Em Minas, Bolsonaro é vaiado, escrachado e xingado
  • 10:17 Para chaleirar Bolsonaro, Véio da Havan usou a própria mãe como cobaia do kit cloroquina

O mundo viu que o Brasil é governado por um moleque miserável, uma figura torpe, um cafajeste que mentiu da primeira à última palavra, pior, dizendo-se representante de Deus e das Forças Armadas. Bolsonaro mostrou o nível de esculhambação que o Brasil vive nesse momento.

O mundo viu um absoluto insano que tomou uma carraspana do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que, por não se vacinar, exibiu ao mundo sua indolência e afronta com os representantes das demais nações na ONU, revelando o nível de incivilidade que habita hoje o Palácio do Planalto.

Não nos cabe aqui listar as mentiras de Bolsonaro, são muitas e são um desrespeito não só com os brasileiros, mas com toda a comunidade internacional, tratando o mundo inteiro como uma aldeia de idiotas.

Bolsonaro se sentiu completamente à vontade para mentir em todas as suas afirmações, mentiras grotescas facilmente desmontáveis, mas que ele não dá a mínima importância para ter qualquer credibilidade internacional e muito menos nacional.

O que se viu ontem no seu deboche ao comer pizza no meio da rua para comemorar a sua e a impunidade dos seus filhos, é que ele e aquele bando que o acompanhava, parecendo adolescentes deslumbrados, tinham a clara intenção de produzir algazarra em Nova York, chamar atenção para o desleixo, para avacalhação, para a indiferença e o total descaso com a própria conferência da ONU.

Por isso o capricho de se apresentar ao mundo como o único chefe de Estado que não se vacinou, pior, vindo de um país que tem o segundo maior número de mortes por covid no planeta, quase empatado com os EUA, o Brasil, por conta da subnotificação, ainda aparece em segundo lugar.

Lógico, foi um total desrespeito ás 600 mil vítimas fatais e as suas famílias, mas Bolsonaro acha bonito debochar da dor alheia.

Sua psicopatia, cada dia mais acentuada, foi a marca deixada por uma delegação que, além de levar um infectado por covid, que teve contado com mais de 30 pessoas, tinha a clara intenção de afrontar a civilização com comportamento animalizado.

Em síntese, esse é o resultado do comparecimento e da fala de Bolsonaro na tribuna da ONU.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica
Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. Magda ferreira santos Posted on 24 de setembro de 2021 at 12:14

    MELHOR SE FOR COM ELE APOIADO NELE!!!!!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: