18 de maio de 2022
  • 09:23 Bolsonaro ajuíza processo contra Moraes no STF por abuso de autoridade
  • 22:29 Privatização da Eletrobras: ministro do TCU Vital do Rêgo dirá em seu voto que estatal está sendo ‘saqueada’
  • 21:31 Bolsonaro segue dando o golpe do golpe para não falar da inflação descontrolada que está massacrando o povo
  • 18:48 CASSADO: Alesp cassa mandato do deputado Mamãe Falei, Arthur do Val, que fica inelegível
  • 17:01 Vídeo: Em Sergipe, Bolsonaro ouviu gritos de “Lula”

Nas próximas eleições em outubro, a direita só não terá o monopólio da palavra na grande mídia por conta do horário de propaganda eleitoral gratuita, mas o que veremos se agravar, e muito, e por isso devemos esperar uma verdadeira guerra, é a participação mais intensa da mídia contra a democracia, a favor do mercado.

Essa gente já tentou matar a política, não conseguiu, agora, como se vê nessa cobertura de mão única da GloboNews, por exemplo, que chegou a disponibilizar na internet a sua programação para impor uma violenta informação manipulada com assassinato da reputação da Rússia e de Putin, enquanto trabalhou com a mesma intensidade em favor dos discursos de Biden, OTAN e Zelensky.

Esse processo, não resta dúvida, até outubro será crescente, e nos conflitos políticos, naturais num processo eleitoral, a Globo tomará partido da direita, seja com quem for, até porque a terceira via cheira igual a Bolsonaro.

É bom que a esquerda tenha consciência de sua posição e que desperte para suas carências, no ponto de vista da comunicação, porque a guerra será aberta e, portanto, as redes também poderão ser o grande trunfo de mobilidade da campanha de Lula como solução, ou parte dela, diante de um discurso central que a mídia tentará impor.

Que fique registrado que não haverá qualquer tolerância da Globo com Lula que terá que enfrentar discursos cada vez mais baixos da mídia brasileira.

Siga-nos no Telegram

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197
Operação: 1288
Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: