14 de maio de 2021
  • 20:16 Vídeo: CPI da Covid revelou hoje que Carlos Bolsonaro participou da reunião com a Pfizer
  • 19:21 Governo Bolsonaro rejeitou cinco ofertas de vacina em 2020; veja as propostas
  • 17:38 PM do RJ decide que Queiroz está ‘apto’ a voltar a andar armado
  • 16:39 A CPI da Covid já convocou o “vereador federal” Carlos Bolsonaro para depor?
  • 14:59 Bolsonaro e ministros vão receber salário acima do teto, com regra que permite acumular aposentadoria e salário

O procurador, que vem sendo massacrado pelo vazamento de conversas trocadas com o ex-juiz Sergio Moro e demais procuradores da força-tarefa que mostram a relação espúria e ilegal entre eles no que se refere às ações da Lava Jato, não aceitou a sugestão de se afastar do comando. É o que informa coluna Radar, da Revista Veja, nesta sexta-feira (19).

Deltan, além de não aceitar a sugestão de afastamento, segundo a revista, insiste em usar o Telegram em comunicações sobre o trabalho da Lava Jato.

O procurador também não teria ficado satisfeito com o “apoio institucional” declarado pela Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, na reunião em que ela teria mandado os procuradores da Lava Jato fazerem uma avaliação do teor das mensagens obtidas e divulgadas até o momento pela Vaza Jato e dizer se têm ideia do que está por vir.

 

*Com informações da Forum

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: