4 de dezembro de 2020
  • 19:47 Sobrinho de Bolsonaro, é nomeado para cargo no Senado com salário de R$21.4 mil
  • 17:09 Covid-19: Bolsonaro ignora reunião da ONU com 90 presidentes
  • 14:44 ABJD pede investigação contra Sergio Moro no Ministério Público Federal e na OAB do Paraná
  • 14:02 Recorde de mortes por Covid nos EUA, 3.157 em 24hs. O pior está por vir
  • 12:14 Vídeo: Centrão, o nome eleitoral do dinheiro no Brasil

Com uma chamada de “urgente”, o Sputnik avisa que o assessor de Putin, Yuri Ushakov, disse que ele quer ter uma conversa reservada com Bolsonaro sobre o golpe na Bolívia que o governo brasileiro apoiou.

No âmbito da cúpula do BRICS, os líderes da Rússia e do Brasil, Vladimir Putin e Jair Bolsonaro, planejam discutir questões da política bilateral e a situação na região, inclusive os eventos na Bolívia.

“Só houve um encontro com Bolsonaro em Osaka; agora será realizada uma conversa mais profunda, isso será, antes de mais, a agenda bilateral e, certamente, os problemas atuais internacionais e regionais, inclusive a situação na Bolívia”, disse Ushakov aos jornalistas.

Respondendo a uma pergunta sobre o tema da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e se os líderes vão discutir essa questão durante as negociações, o assessor do presidente russo disse que isso ficará ao critério dos próprios líderes e em primeiro plano estará a agenda bilateral.

“Eu não sei, isso será determinado pelos próprios líderes. Mas, antes de tudo, serão discutidas questões da agenda bilateral”, explicou Ushakov.

No âmbito da cúpula do BRICS no Brasil, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai se encontrar com o primeiro-ministro da Índia, Narenda Modi, e o presidente da China, Xi Jinping, no dia 13 de novembro e com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no dia 14 de novembro.

 

 

*Com informações do Sputnik Brasil

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

3 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 11 de novembro de 2019 at 14:55

    Eleições em vários países na América do Sul onde a “direita” contesta os resultados porque quando os eleitores escolhem livremente seus representantes optando pelas ESQUERDAS existem estas contestações da direita? No Brasil tivemos o “golpe de estado/abril/2016 do legislativo Congresso Nacional de direita golpeou os brasileiros depondo a presidente Dilma Rousseff Sem ter cometido atos ilícitos na Bolívia vemos uma “represe” lamentável. Direita de toda América do Sul acorda as Nações e com seus povos preferem as esquerdas fazendo gestão pública.

    Reply
    1. Osvaldo Ribas Posted on 12 de novembro de 2019 at 14:27

      Muito injusto pessoas afirmar histórias surreais sem sequer ter a mínima idéia, realmente nem a mínima:
      1) Não houve golpe de estado, Evo Morales fugiu, ninguém soube em que momento.Transmitiu sua tão esperada e até suplicada renuncia desde um lugar muito afastado, aonde em 2015 ninguém entendia porquê ele mandou construir um aeroporto internacional no meio do nada, só bem depois se soube que era para facilitar a saída de aviões com carregamento de cocaína.
      2) O povo já estava cansado da falta de respeito dele com a Constituição. Pela constituição só se pode governar 2 vezes consecutivas; para participar das 3ras eleições se valeu de “jeitinhos” para se agarrar da cadeira Presidencial. Em 2016 ele mesmo convocou a um plebiscito, ao ver sua popularidade cair: governar indefinidamente (até sua morte), caso perdesse se retiraria em paz (Assim de clara sua proposta). Fez isso porque sempre tentou modificar a Constituição para governar por tempo indeterminado, a muita luta do povo, nunca conseguiu.
      3) Perdeu no Plebiscito, o povo festejou!
      E não é por ser de D ou E, qualquer país democrático que já viveu ditadura tem medo de ficar para sempre nas mãos de um único governante!
      Não vendo saída legal, recorreu a Direitos Humanos, OEA, aonde recomendaram que era um “direito humano se candidatar”.
      4) Ante o descontentamento da maiorias dos seus antigos seguidores e os que nunca foram…era candidato de novo.
      5)Eleições 20/10/19, ia perdendo.., já em 93% da contagem, com pouquíssima diferença frente a oposição. Se avistando 2do turno, pararam de contar!, o que é ilegal! além de miles de irregularidades. No dia seguinte do nada apareceu ganhador em 1ro turno. Era ilegal, não se viu mais contagem.
      6) O país unido parou exigindo auditoria da OEA. Evo não aceitava. Diversos cientistas apuraram os arquivos da votação até onde tinha ficado. Acharam as mais absurdas irregularidades…
      7) Evo em represália fez diversos chamados públicos às comunidades indígenas: Que Forem para La Paz defender a Democracia; Transformar Bolívia em Vietnã, se preciso; ameaçou as mães de ter que chorar seus filhos; ameaçou com guerra civil; ameaçou de bloquear chegada de alimentos aos estados, incluindo regiões indígenas!.
      8) Inventou pagar: Bono Lealdade, aos Policiais e Militares para que permaneçam do seu lado e reprimam os protestos das pessoas. Morreram várias pessoas, e Miles de feridos!
      9) O povo pedia sua renúncia, pois não só não cumpria seu dever de proteger a nação, senão que ameaçava e reprimia cruelmente.
      10) Aceitou auditoria ao ver o povo decidido a não aceitá-lo mais como candidato. Resultados auditoria OEA: Irregularidades graves, votação viciada, Manipulação informática, etc etc. Só então nosso soberbo Presidente saiu solicitar novas Eleições, com novo TSE, porém Bolívia não é boba! Concordaram com novo TSE, exigiram novos candidatos (Sem Evo, pois quem faz fraude pela lei fica impossiblitado), e pediam ele garantir processo judicial aos envolvidos na fraude!).
      11) Quase junto com resultados da fraude, policiais descobrem que o Bono Lealdade saiu do próprio Fundo de Garantia deles!
      Se amotinaram gradualmente. 12) Após publicação resultados OEA, com a Polícia amotinada, e os militares da F.F.A.A que não aceitaram confrontar o povo sem uma ordem por escrito, e não verbal..
      Evo Morales fugiu ao Chapare, e transmitiu sua renúncia via vídeo desde lá. Nunca o procuraram o ameaçaram, até porque o Comandante das F.F.A.A. é do partido político dele, são muito próximos. Apenas se foi…
      Desde o mesmo dia entrou em ação seu chamado “Grupo de Choque”, indígenas bolivianos, venezuelanos e cubanos (já estavam atuando desde que ele dez os chamados, só que agora já tinham chegado muitos más de fora), quebrando, incendiando, dinamizando, assassinando, estuprando tudo que achavam no seu passo!!! E a Bolívia sem proteção militar nenhuma, pois o Comandante das F.F.A.A. não protegeu o povo, a tanta masacre a polícia saiu ajudar só no dia seguinte, porém foram superados em número pelos vândalos. O povo forte, unido, sem diferença de partido, como já vinha sendo desde 2006,se defendeu bravamente. A tanto pedido, só após uma noite inteira e dia inteiro de masacre, diversos pedidos de autoridades policiais e sob ameaça de responsabilidade da Presidente do Senado (e com Evo já no México) finalmente o Comandante das F.F.A.A saiu ajudar restabelecer a ordem.
      Falam tantas mentiras: Não seremos governados por militares, senão pela Presidente do Senado, se tinha 48 hrs para posesionar o sucessor, ou o Comandante poderia tomar o cargo para sí.
      Isso não se sabe só lendo um editorial de revista, uma matéria de jornal ou um vídeo de YouTube forjado por venezuelanos!, Foram conflitos diários durante 14 anos, os indígenas que ele diz defender humilhados, abusados, ameaçados pelos líderes dele mesmo! Era coisa de se ver todos os dias. A luta da Bolívia não foi de classe, de partido, foi por liberdade e com unidade.
      Lamento que as pessoas opinem sem saber!

      Reply
      1. gordao Posted on 14 de novembro de 2019 at 09:27

        Mentir pra população matar pessoas em protestos não aceitar votação e falar que o estado ou o Exercito esta restabelecendo a ordem ?!?!?!?!? Você que precisa entender mais tenho muitos amigos na Bolivia e no equador e não é isso que eles dizem seu texto é de um coxinha que não sabe e acha que sabe por convicção o que eu sei foi o que perguntei as pessoas e o que estudei nada é na base do achismo mais prefiro não compartilhar as informações pois vi que seu ponto de vista é neoliberalista idiota e vago foi golpe aqui com Dilma e esta sendo golpe na América latina toda que não aguenta mais a sangue suga do EEUU e do neoliberalismo imbecil que protege os mais corruptos e ricos !

        Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: