20 de janeiro de 2021
  • 11:41 Forças Armadas não reagirão contra impeachment de Bolsonaro, diz ex-ministro da Defesa
  • 10:45 Trump deixa a Casa Branca entregando o diploma de trouxa a Bolsonaro
  • 20:20 Sem insumos, por culpa exclusiva de Bolsonaro, Fiocruz adia para março a entrega de vacinas da Oxford
  • 18:44 Impeachment de Bolsonaro: Oposição e movimentos populares se mobilizam com carreatas pelo Brasil
  • 17:06 Centrão já admite impeachment de Bolsonaro

Publicação era de um passeio que o presidente fez no Distrito Federal nesse domingo (29), criando aglomeração.

A publicação é de um dos vídeos do passeio que o presidente fez no Distrito Federal nesse domingo (29), criando aglomeração e contrariando seu próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que recomendou que as pessoas ficassem em casa como medida de enfrentamento ao coronavírus.

O vídeo também foi apagado do Instagram, rede social que pertence ao Facebook. “Removemos conteúdo no Facebook e Instagram que viole nossos Padrões da Comunidade, que não permitem desinformação que possa causar danos reais às pessoas”, diz a empresa em nota.

No domingo, duas postagens feitas por Jair Bolsonaro foram apagadas do Twitter. A empresa considerou que as postagens violavam as regras de uso ao potencialmente colocar as pessoas em maior risco de transmitir o novo coronavírus.

Foi a primeira vez que a rede social apagou postagens do presidente do Brasil.

 

 

*Com informações de O Tempo

 

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: