13 de maio de 2021
  • 19:12 Sem terno, sem gravata, Flávio Bolsonaro deve ter saído às pressas a mando do Planalto para travar a CPI
  • 18:29 Datafolha: Lula dispara e chega 41% e Bolsonaro 23%
  • 16:14 Áudio: Veja publica áudio que prova que Wajngarten mentiu na CPI
  • 15:40 CPI encontra primeiro crime de responsabilidade de Bolsonaro
  • 14:15 Profissionais de saúde vão a órgão da OEA por “crimes” do governo Bolsonaro

Depois do Twitter, Facebook e Instagram apagarem vídeos fake de Bolsonaro, agora, o próprio apaga outro vídeo fake sobre desabastecimento no Ceasa.

O problema não é Bolsonaro atacar governadores, mas o presidente da República mentir sistematicamente para a população sem sofrer qualquer sanção, mostrado que as instituições brasileiras são uma balela.

Aliás, Luis Roberto Barroso, STF, proibiu Bolsonaro de incentivar a desobediência à quarentena, mas  hoje ele não só desobedeceu ao STF, como, em mais um ato de quebra de decoro, mentindo descaradamente nas redes sociais, dobrou a aposta na sua estratégia de polemizar para não governar.

O vídeo foi publicado por Bolsonaro às 7h35 desta quarta-feira (1º). Pouco mais de uma hora depois, o repórter Bruno Bohnenberger, da CBN, foi ao local e constatou que as atividades estão normais e não existe risco de falta de produtos.

Segundo ele, a direção da Ceasa ressaltou ainda que não há risco de desabastecimento na cidade, nem no estado, pelo contrário: há, inclusive, produtos em excesso por causa da baixa procura em meio à pandemia do novo coronavírus. Alguns comerciantes relatam melhora nas vendas.

Tempos depois, a equipe que cuida das redes sociais do presidente, comandada pelo filho, Carlos Bolsonaro, apagou o vídeo.

O vídeo abaixo é bem didático sobre mais uma mentira do “capitão facada”:

Bolsonaro começa seu 1º de abril fazendo o que faz de melhor: mentindo. Repórter da Rádio CBN, Pedro Bohnenberger desmente vídeo divulgado pelo presidente sobre o desabastecimento na Ceasa de BH. #Bolsonaroday

Posted by Manuela D'Ávila on Wednesday, April 1, 2020

 

 

*Da redação

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: