8 de março de 2021
  • 18:24 Sobre a volta de Lula, Saul Leblon vai ao ponto: “Só faltava um candidato, agora tem”
  • 15:44 Urgente!: Fachin acaba de anular todas as condenações de Lula e o torna elegível
  • 14:56 Ciro quer provar para os bolsonaristas que é mais imbecil que Bolsonaro
  • 14:30 O diabo não é tão feio quanto se pinta; foi assim que a mídia vendeu Bolsonaro
  • 11:13 Ele quer matar você

Haddad, ontem, fez barba, cabelo e bigode na cara de Mainardi.

Por tudo o que já falamos em outras postagens, mas também por escancarar a hipocrisia do dono blog O Antagonista, hoje, o ferrenho opositor de Bolsonaro que, corretamente, classifica a besta do Planalto como criminoso, não só votou, mas apoiou fortemente, em campanha em seu próprio blog, a eleição do criminoso.

Para confirmar, é só perguntar para o Google o que o blog do Mainardi publicava sobre a eleição de Bolsonaro em 2018, para concluir que o homem era um sabujo do Capitão Cloroquina, do genocida de quem Mainardi, depois da saída de Moro do governo, passou a ser opositor.

Antes, porém, era um dos mais rastejantes entusiastas do fascismo bolsonarista. Governo Bolsonaro, que produziu até então, mais de 236 mil mortes por covid no Brasil.

Na verdade, Haddad foi econômico ao dizer que o cínico tinha votado em Bolsonaro.

Espera-se que a detonada que Haddad deu em Mainardi ontem no programa Manhattan Connection se transforme num padrão de um novo comportamento do PT.

Primeiro, ver quem está apontando o dedo sujo para o partido e já espinafrar o sujeito, como fez Haddad com Mainardi. Depois, detonar quem é citado como foi com Moro e mastigar, cuspir e enterrar o vigarista. Simples assim.

A direita tem um belo histórico de falir o país todas as vezes que governou.

Assim, os políticos de direita não vão querer jamais debater programas ou ideias, mas vão para o insulto, a mentira, para brutalizar o debate, para fugir de si mesma.

Haddad deu a fórmula de acabar com essa tática dos perdedores. É só seguir a mesma pegada, que a esquerda acabará de vez com essa direita que sempre teve talento para o fracasso.

O problema não é mídia ter lado, mas é ela escolher o lado dos ricos e dos governos antipopulares que quebram o país. Ditadores militares, Sarney, Collor, FHC, Temer e Bolsonaro. Todos tiveram apoio irrestrito da mídia. Todos foram contra o povo e detonaram a economia brasileira. Todos!

*Carlos Henrique Machado Freitas

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Siga-nos no Telegram: https://t.me/joinchat/IMjlP7niNwYSId8X

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: