14 de novembro de 2021
  • 09:19 Brasil da burguesia financeira acaba com a ciência e abre fosso tecnológico
  • 07:47 ‘Incompetente Bolsonaro’, diz líder da esquerda alemã que apoia Lula
  • 22:10 Fiocruz alerta para a onda de Covid na Europa e Ásia
  • 18:19 Google diz à CPI da Pandemia que não pode fornecer dados de Bolsonaro
  • 16:46 Acusados por CPI, deputados bolsonaristas acionam AGU para se defender

Não tem como dissociar o bolsonarismo das fake news. O que se espera, lógico, é que uma procuradora paga com dinheiro público não se associe a essa gênese fascista. Mas Thaméa Danelon, que parece não conseguir ficar longe dos holofotes da mídia, não resiste à tentação de utilizar a farsa da Lava Jato da qual foi parte, para impulsionar mentiras, fake news.

Acredita-se que ninguém avisou para a moça que ela não está imune a tudo e que o Ministério Público não é o oráculo dos deuses absolutos, intocáveis, sobretudo quando se associa à milícia bolsonarista, a programas do nível do Pingo nos Is da Jovem Pan, comandado por um desclassificado como Augusto Nunes.

Seu mais recente ataque a Lula deu-se no quadro “Liberdade de Opinião”, em que Danelon atribuiu a Ciro Gomes declaração de que Lula estaria fazendo aliança com diversos políticos, dentre eles Romero Jucá, Renan Calheiros e o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, em uma “tentativa de assaltar novamente os cofres públicos”.

Mas a moça, que anda disputando com Ana Paula do Vôlei o troféu de maior sabujo feminino de Bolsonaro, não se contentou somente em atacar Lula, deu aula de economia, explicando que a culpa da inflação é da pandemia, como se Bolsonaro não tivesse nada a ver com as tragédias que produziu, a econômica e, principalmente, a humanitária.

Thaméa fez uma das defesas mais toscas que alguém poderia fazer de um governo fascista. Só faltou ela dizer que Guedes não cometeu qualquer ilegalidade malocando dólares em paraíso fiscal e que lucra enormemente com a desvalorização da nossa moeda.

Danelon chega a imitar aquele senador paspalho, Marcos Rogério, o mesmo que tem um assessor acusado de envolvimento com o narcotráfico.

Ou seja, a moça só tem boas referências de gente ilibada para sustentar suas cômicas teses bolsonaristas.

Assista:

Ex-comandante da Lava Jato em SP, procuradora Thamea Danelon é anunciada como colunista de site bolsonarista investigado por atos antidemocráticos.

Mas não para por aí, o Terça Livre, comandado por ninguém menos que o criminoso, mais conhecido como o rei das fake news, que está foragido da justiça brasileira por uma série de crimes, tem como colunista a procuradora Thaméa Danelon. Isso é a total desmoralização do Ministério Público, além de confirmar que a Lava Jato nada mais era do que uma operação comandada por um juiz corrupto com o auxílio de procuradores tão corruptos quanto ele.

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica
Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: