11 de novembro de 2021
  • 11:46 Pesquisa Vox Populi: Lula lidera em todos os cenários
  • 09:48 PoderData: Bolsonaro é ruim ou péssimo para um terço dos que votaram nele
  • 09:13 Bolsonaro é novamente denunciado no Tribunal Penal Internacional, por extermínio
  • 08:15 A burguesia vai à luta
  • 20:37 Vídeo: Adélio vive em condições análogas à tortura, denuncia perito que o visitou no presídio federal de Campo Grande

Ninguém estimulou mais essa política nefasta do tucano Pedro Parente na Petrobras do que o tucaníssimo Grupo Globo.

O problema não é só os combustíveis, mas os desdobramentos econômicos e a fatura social que foi o assassinato da Petrobras pelos neoliberais.

Todos sabiam, inclusive os próprios, do desmonte das refinarias brasileiras e a inconsequente dolarização dos combustíveis que teria o efeito de uma tromba d’água e arrastaria de enxurrada toda a economia e, consequentemente, a vida de milhões de brasileiros para os piores resultados de uma política nefasta que o entreguismo pode produzir.

Aliás, isso é uma especialidade da casa. Falou em tragédia econômica e social, falou em neoliberais. Não é esse mesmo Pedro Parente que produziu a política lesa pátria na Petrobras durante o governo Temer, e que foi o ministro do apagão do FHC?

O que esperar de um sujeito desse que sempre foi cortejado pelo colunismo de economia do império Globo?

Agora os Marinho querem saber até quando os combustíveis subirão. Pior, justificam a tragédia dizendo que é culpa desvalorização do real.

Mas e aquelas reformas feitas a partir do berrante da própria Globo que detonaram os trabalhadores, mas que prometiam dar ao Brasil uma moeda forte que segurasse o tranco de qualquer ataque especulativo do mercado?

Esquece, os Marinho não falarão sobre isso, menos ainda o Estadão e a Folha que apoiaram essa política lacaia contra os brasileiros. E o Estadão ainda tem a pachorra de exigir do PT uma autocrítica.

O Itaú aproveita o estrago provocado pelos craques da modernização da nossa economia para emburacar uma culpa no PIB negativo para 2022 em função do tal furo do teto de gastos que Bolsonaro, de forma eleitoreira, quer usar para tentar comprar votos dos pobres.

Bolsonaro, é o mesmo que teve apoio irrestrito desses barões da mídia na eleição de 2018, mas também é o mesmo que sublinhou com sua Bic essa política econômica nefasta.

E não se enganem, ele terá até mais apoio dessa tropa oligárquica em 2022, mesmo O Globo salientando que a moeda brasileira sofre com a incerteza dos investidores em relação aos rumos da política econômica de Guedes no governo Bolsonaro.

Agora, não adianta reclamar que a Petrobras anunciou para hoje um novo reajuste nos combustíveis, o terceiro do mês, um aumento de 7,4% para a gasolina e 9,15% para o diesel, no mesmo ano que o diesel acumula alta de 65,3% nas refinarias.

Mas essa não é a pior notícia, a gasolina já subiu, no mesmo período, 73,4%, o que mostra quanto os acionistas da Petrobras lavaram a égua nas costas dos brasileiros com os nossos próprios combustíveis.

Então, o G1 chega agora à conclusão demagógica de que os brasileiros estão pagando cada vez mais caro o tanque de combustível.

A pergunta é tola, mas inevitável, esses preços não seriam evidentes na escalada entreguista trombeteada pela mídia como avanço para a sociedade?

Não bastou a tentativa de assassinato da Petrobras regida e ditada por Sergio Moro na Lava Jato?

A magnífica ideia de dolarizar os combustíveis foi do povo ou do alto comando do tucanato, dos banqueiros, rentistas e grandes acionistas?

Teve algum debate com a sociedade para substituir as refinarias brasileiras pelas estrangeiras? Alguma pesquisa para saber a opinião do povo sobre esse grave crime contra a soberania nacional?

Agora que os resultados nefastos estão escancarados, os Marinho querem se afastar da cena do crime do qual foram cúmplices no projeto de destruição do Brasil.

Eles não sabiam que aumentaria a escassez de alimentos para o povo e que a pobreza e a miséria seriam estimuladas contra a população, tendo nos combustíveis uma alavanca irrefreável da inflação e, consequentemente a desvalorização galopante da moeda brasileira?

Não era esse o principal ajuntamento da escória fascista que deu golpe em Dilma?

Não propuseram entregar as nossas riquezas e soberania aos americanos? Não conseguiram?

Então, por que essa hipocrisia na hora da onça beber água?

 

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso. Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica
Agência 0197
Operação 1288
Poupança: 772850953-6
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450. 139.937-68
PIX: 45013993768

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: