18 de maio de 2022
  • 09:23 Bolsonaro ajuíza processo contra Moraes no STF por abuso de autoridade
  • 22:29 Privatização da Eletrobras: ministro do TCU Vital do Rêgo dirá em seu voto que estatal está sendo ‘saqueada’
  • 21:31 Bolsonaro segue dando o golpe do golpe para não falar da inflação descontrolada que está massacrando o povo
  • 18:48 CASSADO: Alesp cassa mandato do deputado Mamãe Falei, Arthur do Val, que fica inelegível
  • 17:01 Vídeo: Em Sergipe, Bolsonaro ouviu gritos de “Lula”

Não é sem motivos que a bancada evangélica quer a degola de Milton Ribeiro para que Bolsonaro salve a sua cabeça da guilhotina.

A suposta recuperação de Bolsonaro foi um traque seco e o escândalo do áudio de Ribeiro, que expõe o esquema de pastores na compra de votos com o dinheiro do MEC, como eles já tinham sentido, mostra que a coisa contra Bolsonaro é mais séria do que parece.

Não adianta Bolsonaro mentir nas redes, nas rádios e nas TVs como em 2018, pois vai tropeçar e derrapar na própria lama. E esse regime permanente de mentiras não ficará no subsolo da sua campanha, mas as toneladas de fake news serão expostas à luz do dia.

Bolsonaro acreditou na galinha dos votos de ouro, via MEC, até que o esquema de corrupção dentro do Ministério da Educação, através do próprio ministro.

A pesquisa XP/Ipespe mostra que Lula subiu 1 ponto e Bolsonaro caiu 2, jogando um balde de água fria em quem acreditou numa recuperação de Bolsonaro.

Outro fator interessante é que, na principal fronteira que separa Lula de Bolsonaro, que se encontra nas camadas mais pobres da população, o efeito do Renda Brasil foi pífio. Os pobres do Brasil sabem muito bem o que representou Lula em suas vidas, sobretudo no seio de suas famílias.

Seja como for, tudo indica que o Brasil se salvará do fascismo e da ideia velhaca da burguesia brasileira de querer manter um genocida no poder, contanto que seus ganhos astronômicos se mantenham.

Lula tem não só a maior parcela do eleitorado, mas um voto resiliente e consolidado, o que confirma a possibilidade de vitória concreta no pleito de outubro para a Presidência da República.

Caros Leitores, precisamos de um pouco mais de sua atenção
 

Nossos apoiadores estão sendo fundamentais para seguirmos nosso trabalho. Leitores, na medida de suas possibilidades, têm contribuído de forma decisiva para isso.

Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica

Agência: 0197

Operação: 1288

Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768 – CPF

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: