9 de agosto de 2022
  • 18:57 Apoie o Antropofagista. Com um Pix de qualquer valor, você ajuda muito
  • 18:05 Janja responde Michelle Bolsonaro após primeira-dama atacar Lula e religiões de matriz africana
  • 17:05 Vídeo: Twitter corta conta de Michelle Bolsonaro por racismo e intolerância com religiões de matriz africana
  • 15:41 Michelle Bolsonaro, a pudica do pau oco
  • 14:20 Dallagnol está inelegível: Em decisão unânime, TCU condena Dallagnol e Janot por farra das diárias na Lava Jato

Toda a barulheira de Bolsonaro tem meta, mas também tem prazo de validade, e prazo curto e cada vez mais curto, porque é cada vez menos potente, até que Bolsonaro chegue a uma condição política micro comprimida.

Por isso a denúncia contra o bolsonarista, Gusttavo Lima, serve bem aos propósitos de Bolsonaro, porque desvia o foco do seu fracassado governo e ainda mantém seu nome na boca das pessoas.

É bom observar como devemos noticiar determinadas armadilhas de marketing como as de Steve Bannon, usadas largamente pelo clã para manter, mesmo em situações absurdas, seu nome na mídia e, assim, pautar o que deve ser ou não ser dito dele e do seu governo.

O que deve ser grifado pela oposição a esse governo, é o fracasso total em todas as áreas, em todos os ministérios, sobretudo a vagabundagem de um presidente, que deveria estar ocupado em amenizar o sofrimento da população vilipendiada por uma inflação descontrolada, o desemprego e a precarização do trabalhador, o pior PIB da América Latina e a volta do país ao mapa da fome.

Tudo isso, sem falar que é preciso lembrar a toda hora quanto custa o gás de cozinha, a alimentação e os combustíveis, e frisar que o grande responsável por isso chama-se Jair Messias Bolsonaro.

Além de tudo, não permitir que ele use fumaça para filtrar a memória da população sobre o seu comportamento criminoso durante a pandemia, que ceifou a vida de mais 667 mil brasileiros por covid, que ainda deixou milhões com sequelas da doença.

Lembrar que quem ainda consegue comer, suas refeições estão a cada dia escassas e mais pobres de proteínas e que Bolsonaro jamais apresentou um plano para reverter esse quadro que, em seu governo, tornou-se algo crônico.

É bom ficar de olho no que há por trás de fabricação de escândalos, como esse de Gusttavo Lima, porque esses interessam muito a Bolsonaro.

Claro, tudo tem que ser denunciado, como é o caso do cantor sertanejo, mas não podemos deixar Bolsonaro fazer uso desses escândalos e conduzir as notícias a modo e gosto, porque simplesmente, suas ameaças de golpe perderam a validade, assim como a invasão ao STF. Os ataques de bolsonaristas a Lula, nem se fala, porque os resultados são pífios.

Por isso temos que centrar fogo em Bolsonaro e culpá-lo por deixar o estômago do brasileiro vazio, que está cada vez mais vazio.

É essa constatação do real problema do Brasil que Bolsonaro quer suprimir, usando embalagens retóricas para que a caixa de tragédias produzidas pelo seu governo não seja colocada sob o sol do meio dia.

Diante de um governo fracassado, genocida, que levou o país a uma tragédia econômica, tragédia sanitária e humana, selecionar apenas escândalos como o do bolsonarista Gusttavo Lima, é aceitar algo que, diante da hecatombe que Bolsonaro provocou no país, tenha aroma e formato de cereja.

Carlos Henrique Machado

Compositor, bandolinista e pesquisador da música brasileira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: