10 de janeiro de 2022
  • 20:37 Nas entrelinhas: É um erro imaginar que Bolsonaro não tenha um Plano B
  • 18:25 Governo destinou R$ 5,7 bilhões do orçamento secreto nos últimos dias de 2021
  • 17:02 Carta de general da Anvisa é histórica e humilhante para Bolsonaro
  • 16:07 Capitólio: não foi “acidente”
  • 12:37 Exército estuda não renovar contrato de militares que recusaram vacina

O Brasil começa a perceber que a natureza bruta do ódio, que virou matéria viva na direita brasileira, sai também do laboratório da Lava Jato para entrar na corrente sanguínea da classe média brasileira.

O clero dos filhos abastados do Estado, gente que vem das classes opulentas e dominadoras corre parelha com o linguajar de torturadores, assassinos e outros tipos de gente fria. Pior, os párias da Lava Jato, com um grande e vasto palavreado de ódio, dividido fora das luzes, é gratuito, uma ferocidade animalesca, grosseira, nostálgica dos tempos da ditadura. É só ver a grita de um deles chamando Lula de “safado”, outra dizendo que seu sofrimento pela perda do neto era “mimimi”.

Ali era tiro a esmo, sem qualquer motivo, mas que tinha o objetivo de atacar um alvo, Lula, de forma intensa. A impressão que dá é a de que concorriam para ver quem era o mais baixo, quem tratava com mais molecagem a dor de um ser humano com a perda de um ente querido. Até o choro de Lula mereceu galhofa dos cretinos, que juravam perante os holofotes da Globo nas suas coletivas serem imparciais, técnicos, sabedores das responsabilidades de um agente público ricamente pago pelo povo, incluindo regalias e privilégios.

O fato é que o que eles colocaram para fora nesse espetáculo de ódio e soberba é o nojo que eles têm dos pobres, nojo incubado nessa espécie de tutoria imperial. Essa gente é filha do preconceito que está ao seu redor, que tem o olhar de repulsa para o povo exilado do Estado, povo que Lula abraçou e protegeu numa gloriosa rede de programas sociais que mudou a cara do país.

Essa monarquiazinha dos filhos das classes dominantes cheios de caprichos, incapazes de compreender ou distinguir o que passa em termos de dor uma pessoa pobre, aderiu ao discurso mais vil desse país. Por isso falam de Lula rogando-lhe maldições traduzidas num vernáculo baixo ligado ao gênero mais puro do baixo nível intelectual, cínico e insensível.

O que mais deve irritá-los é ver Lula erguer a cabeça por saber que é, sem contestação, o vulto máximo da nossa história por ter sido nobre e generoso com os pobres. Aí está o motivo de seu cárcere e o ódio que cerca essa vexatória condenação para o Ministério Público, a Polícia Federal e o judiciário brasileiro.

 

*Por Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES

4 COMMENTS

  1. José Geraldo Resende Posted on 27 de agosto de 2019 at 22:36

    Eles apenas expressam o ódio de classe que sempre existiu no Brasil, apenas a direita dominante sempre simulou a sua verdadeira premissa ideológica, agora com a ascensão do nazifascismo, estão se sentindo mais soltos.

    Reply
  2. Pingback: Internautas se mostram estarrecidos com o ódio gratuito dos procuradores da Lava Jato a Lula – Antropofagista | O LADO ESCURO DA LUA
  3. Pingback: Internautas se mostram estarrecidos com o ódio gratuito dos procuradores da Lava Jato a Lula  – Brasdangola Blogue
  4. afonso Schroeder Posted on 28 de agosto de 2019 at 15:54

    Endinheirados, mas podres,truculentos e irresponsáveis são pior que analfabetos políticos em gestão pública lamentável: Com tristeza confirmamos o preconceito político e intelectual no Brasil por muitos ate da “justiça” é lamentável mas a verdade esta apontada pela “INTERCEPT” de Glenn Greenwald comprovadamente para todos brasileiros e nações de todo mundo que vergonha temos uma parcela de justiceiros na “justiça’ que deve ser afastada já das funções públicas visto que jamais vão cumprir a Constituição/88 nem com o ex-presidente (Lula) imaginamos com as classes sem representatividade fora já parcela podre da justiça e (Lula) liberto com anulação dos processos indevidos pelo (STF).

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: