23 de setembro de 2020
  • 12:18 Mundo quer distância do Brasil de Bolsonaro. Fuga de dólares e investidores internacionais é recorde
  • 11:03 Para quem acha que a escravidão foi boa para os negros, culpar os índios pelos incêndios na Amazônia, seria fatal
  • 09:59 Depois do discurso delirante de Bolsonaro na ONU, a ressaca. Relatório prevê déficit de 861 bilhões no Orçamento
  • 22:26 Após 5 anos, Lava Jato admite o que sempre soube, palestras de Lula eram legais
  • 19:57 Bolsonaro dá vexame na ONU, dólar sobe, investidores fogem do Brasil e país perde acordos internacionais

Campanha de Dilma teve mesada de R$100 mil em esquema da Torre Pituba, diz delator de Moro.

Esse juiz corrupto e ladrão é de uma criatividade esplêndida.

Não é a toa que, como ministro da justiça, trabalha como capanga do Clã Bolsonaro, passando pano em todos os crimes que envolvem a família miliciana da casa 58 do condomínio Vivendas da Barra.

Moro, o juiz particular de Bolsonaro, é aquele que colocou seus Pit bulls da PF para darem uma dura no porteiro do condomínio do seu Jair para mudar a versão do que revelou a polícia sobre o dia do assassinato de Marielle.

Agora, que a notícia de que o documentário Democracia em Vertigem foi indicado ao Oscar se confirmou, Moro coloca a turma da Lava Jato, a mesma que tentou tungar 2,5 bilhões da Petrobras para criar a Fundação Moro, para achar um delator que implique Dilma em alguma das muitas delações manipuladas pelos filhos de Januário. Aquele que recebia mensalão do doleiro dos doleiros.

Pois é, o que não falta nessa delação é picaretagem da falange de Moro.

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 14 de janeiro de 2020 at 14:40

    Com risadas sarcasticas se achando impune o “Ministro” de Segurança ex-juiz “Moro” descumpridor da Constituição/88 mentiroso, brasileiros aguardam o (STF) fazer justiça apontadas pela INTERCEPT a meses que ate esta data “Moro” continua limpune de seus atos ilícitos!

    Reply
  2. Tiago Medeiros Posted on 15 de janeiro de 2020 at 05:06

    “Moro Juiz Ladrão” Filhos de Januário ou seja quadrilha que quebrou o Brasil, quebrando empresas de ponta! vendendo informações privilegiadas para bancos e empresários!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: