28 de outubro de 2020
  • 22:12 José Dirceu: A tempestade que se avizinha
  • 19:39 Vídeo – Carlos Henrique Machado: Parabéns ao grande Lula!
  • 18:47 New York Times? Trump e Bolsonaro destruíram as defesas da América Latina contra o coronavírus
  • 16:12 STJ retira de pauta recurso de Lula contra condenação no caso triplex
  • 14:41 Vídeos: O dia em que a ratoeira fez a festa abraçando dois ratos

Jornal Folha de S. Paulo, que ainda não fez sua autocrítica por ter apoiado o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff e a prisão política de Lula, foi mais uma vez agredido por Jair Bolsonaro, que questionou a manchete sobre a mudança promovida na Polícia Federal.

Demonstrando novamente falta de traquejo na comunicação, Jair Bolsonaro voltou a agredir a imprensa e, por duas vezes, Bolsonaro dirigiu-se aos jornalistas com o grito de “cala a boca”, ao negar interesse na troca da Polícia Federal do Rio de Janeiro.

“Vai sair da superintendência para ser diretor-executivo da PF. Eu não to trocando ele, isso é uma patifaria, cala a boca não perguntei nada, jornal patife e mentirosa, cala a boca. Se eu tivesse ingerência para a PF ele não iria para lá”, disse ele, após se reunir com apoiadores. “Canalha é elogio para a Folha de S.Paulo”, disse.

Bolsonaro fez referência ao fato de que o novo diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Souza, trocou a chefia da superintendência do Rio de Janeiro. Carlos Henrique Oliveira, atual comandante do estado, foi convidado para ser o diretor-executivo, número dois na hierarquia da PF (em nível nacional).

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

1 COMMENTS

  1. IIVSON JUSTINO DE MELO Posted on 5 de maio de 2020 at 10:41

    O FUMO É GROSSO,GRANDE, DOLORIDO E TÁ ENTRANDO MUITO RAPIDAMENTE NO BOLSONARO SEM DAR CHANCES, POR ISSO O DESESPERO DO “MITO” . ACABOU A ERA BOLSONARO, SÓ FALTA COLOCAR UMA PÁ DE CAL !

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: