14 de maio de 2021
  • 19:06 Lewandowski concede a Pazuello o direito de ficar calado na CPI da Covid
  • 18:19 Áudios inéditos de entrevista a VEJA mostram contradições de Wajngarten
  • 16:32 Gabinete do ódio prova que fake news mata
  • 15:34 CPI da Covid já vê crimes de Bolsonaro na condução da pandemia e pode pedir seu indiciamento
  • 14:05 A CPI está provando que a vida dos brasileiros na era Bolsonaro, não vale nada

A live de Bolsonaro nesta quinta-feira é uma verdadeira aula de cinismo quando seguiu sem comentar nada sobre a CPI do genocida.

Para piorar, Bolsonaro trocou seu golpe apoiado pelas Forças Armadas que ele blefava o tempo todo, por uma corrente patriótica em que um bolsominion conversa com seu vizinho ou parente para convencê-lo a se somar à manada revolucionária que enfrentará os conspiradores que querem derrubar o genocida.

No meio de sua fala, depois daquele lambe lambe de causar engulho do presidente da Caixa Econômica ao patrão, Bolsonaro tentou dar volume em seu finado governo e sua liderança cada vez mais mórbida ao dizer que só Deus o tira da cadeira da presidência.

Mas depois, pensou melhor e viu que pode ser retirado da cadeira por sucção, então, com aquela grandeza de moribundo que fala debaixo da casa, sapecou outro blefe: “só saio daqui sem vida”.

Um sujeito que não tem sequer uma carroça para se afugentar na tapera das almas, ainda tem uma espécie de sino para chamar a atenção quando alguém, a pedido dele, passa-lhe a informação via celular, de que Cármen Lúcia ordenou que Arthur deixasse de bancar o velhaco e explicasse em cinco dias por que não colocou na mesa nenhum dos 100 pedidos de impeachment de um governo do qual a ruína está confirmada.

A cara de cagão de Bolsonaro nas duas cenas, sem se preocupar em parecer discreto, foi típica de um débil que permanece pálido como um menino amarelo que dá de cara com uma sumaríssima ordem judicial que tira completamente o espaço para qualquer margem de manobra, restando a Bolsonaro, flagrantemente perturbado, interagir com seu gado de forma fúnebre dizendo que dormiria em paz.

Tudo isso aconteceu no mesmo dia em que o corajoso borra-botas teve que recolher a soberba de uma burrice inata, como é de seu feitio, e já anunciar que, com a volta de Lula, sua reeleição já era tida pelo próprio como uma vaca que foi para o brejo.

Ou seja, as pendengas que Bolsonaro tem pela frente são bem mais sérias e  profundas do que a possibilidade de Renan Calheiros ser o derradeiro senhor de seu destino como relator da CPI do inferno.

Confira:

https://twitter.com/Metropoles/status/1382848001358565384?s=20

*Carlos Henrique Machado Freitas

Antropofagista interação – Siga-nos no Watsapp: https://chat.whatsapp.com/C3vFPKeGR4JGwnGrwc6O5F

Siga-nos no Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H61txRpTVWc7W7yyCu0frt

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica: Agência 0197
Operação: 013
Poupança: 56322-0
Arlinda Celeste Alves da Silveira
CPF: 450.139.937-68

PIX: 45013993768
Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: