9 de agosto de 2022
  • 22:48 Lula entusiasma Fiesp com propostas para reindustrialização
  • 18:57 Apoie o Antropofagista. Com um Pix de qualquer valor, você ajuda muito
  • 18:05 Janja responde Michelle Bolsonaro após primeira-dama atacar Lula e religiões de matriz africana
  • 17:05 Vídeo: Twitter corta conta de Michelle Bolsonaro por racismo e intolerância com religiões de matriz africana
  • 15:41 Michelle Bolsonaro, a pudica do pau oco

Em resumo, o que se pode afirmar é que esse modelo econômico, que sustentou Bolsonaro até aqui na cadeira da presidência que, na verdade, é o precursor do fascismo tropical, não dá o menor sinal de que algo possa mudar o rumo que não seja o naufrágio de sua candidatura em outubro deste ano.

Dessa forma, Bolsonaro se vê sem opção, porque se soprar seus clarins de forma oposta à ferocidade canibalesca dos neoliberais, estes fincarão os dentes na sua jugular e ele cairá no tranco.

Então, qual ingrediente Bolsonaro vai dispor para mudar a receita dessa monarquia capitalista? Renovando as esperanças dos abutres, mas tentando, no varejo, mudar o sabor do paladar amargo que o brasileiro está sentindo na garganta, sobretudo no caixa do supermercado.

O Centrão acha que o problema pode ser resolvido se Bolsonaro abrir mais sorrisos e menos risos da cara do povo. Já Carluxo quer canalizar todos os esforços para que Bolsonaro aumente o confronto institucional, o que também não muda em nada o ânimo do povo com suas bravatas golpistas.

Alguns bolsonaristas, em total desespero, andam espalhando que Lula desistirá de sua candidatura, o que daria a Bolsonaro, segundo eles, a garantia de um segundo (des)mandato.

Essa tolice não tem qualquer base e segue a mesma lógica da vacina e do jacaré, da terra plana e do globalismo e sua conspiração planetária para dominar as nações.

Bolsonaro não pode falar algumas palavras, como arroz, feijão, óleo, gás de cozinha, banana, aipim, carne então, e os combustíveis, se ele abrir a boca para tocar nesse assunto, ele insultará o povo.

Para todo lugar que se olha, observa-se um retrato de terra arrasada, sem que tenha qualquer vestígio, rabisco, borrão de um projeto que possa, nem que seja por ilusão, tentar vender uma mentira econômica que mude o estado de decomposição que a candidatura de Bolsonaro apresenta.

Agradecemos aos que formam essa comunidade e convidamos todos que possam a fortalecer essa corrente progressista. Seu apoio é fundamental nesse momento crítico que o país atravessa para continuarmos nossa labuta diária para trazer informação de qualidade e independência.

Apoie o Antropofagista com qualquer valor acima de R$ 1,00

Caixa Econômica Agência: 0197

Operação: 1288

Poupança: 772850953-6

PIX: 45013993768 – CPF

Agradecemos imensamente a sua contribuição

Celeste Silveira

Produtora cultural

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: