4 de dezembro de 2020
  • 19:47 Sobrinho de Bolsonaro, é nomeado para cargo no Senado com salário de R$21.4 mil
  • 17:09 Covid-19: Bolsonaro ignora reunião da ONU com 90 presidentes
  • 14:44 ABJD pede investigação contra Sergio Moro no Ministério Público Federal e na OAB do Paraná
  • 14:02 Recorde de mortes por Covid nos EUA, 3.157 em 24hs. O pior está por vir
  • 12:14 Vídeo: Centrão, o nome eleitoral do dinheiro no Brasil

O que falta para a mídia escrever em garrafais que Lula é inocente? Nada, apenas assumir que ela é uma das principais culpadas dessa prisão política de Lula e, consequentemente, da eleição de Bolsonaro.

Mas aí já é querer demais né!

Mas, como lidar com essa gangorra em que, de um lado, tem os criminosos da Lava Jato, comandados por Moro e Dallagnol e, do outro, o inocente Lula? Se a prisão de Lula, sem provas, como mostra o Intercept, é o fato mais grave entre tantos crimes cometidos pela milícia judiciária de Curitiba, como mantê-lo preso?

No caso da Globo, a coisa é ainda pior, porque tentou criminalizar parte da imprensa que ajudou a publicar os vazamentos que o Intercept compartilhou para tentar salvar o insalvável Moro.

O fato é que não há uma terceira via.

Não há como negar que Moro e Dallagnol são bandidos pela fartura de provas da Vaza Jato, sem assumir que a mídia reconhece que Lula é inocente.

E é aí que o Saci vai rodopiar, porque Lula não vai deixar barato essa injustiça. Ele jamais aceitaria gorjetas, o que prova que sua honra vale mais que toda a imprensa que ajudou Moro na farsa da Lava Jato a lhe colocar numa solitária para Bolsonaro vencer a eleição e entregar a cabeça do povo para os banqueiros em troca de mais lucros para a agiotagem nativa, como revelou o Intercept.

 

*Por Carlos Henrique Machado Freitas

 

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: