22 de janeiro de 2021
  • 19:25 Flávio Bolsonaro é flagrado em encontro com Wassef a 3 dias do julgamento das rachadinhas
  • 18:34 Bolsonaro paga o dobro dos europeus pela vacina da Índia
  • 16:35 Julgamento de bilionário que contratou Moro abre janela inédita para a pilhagem da África no século 21
  • 15:11 Todos sabiam quem era Bolsonaro e dizem-se surpresos com tamanha incompetência
  • 14:00 Brasil boicotou cúpula em que China ofereceu crédito de US$ 1 bi para vacina

Logo na abertura de seu pronunciamento à nação, neste sábado (9) em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, o ex-presidente Lula atacou a Rede Globo, que fez parte do conluio que instaurou o golpe parlamentar no Brasil.

“Lá em cima tá o helicóptero da Rede Globo de Televisão para falar merda de novo do Lula”, disse antes do início do seu discurso.

“Quando um ser humano, um homem ou uma mulher, tem clareza do que ele quer na vida, tem clareza do que ele representa e tem clareza que seus algozes e seus acusadores estão mentindo… Eu tomei a decisão de ir lá para a Polícia Federal porque eu preciso provar que o juiz Moro não era juiz, era um canalha que estava me julgando. Eu precisava provar que o Dallagnol não representa o MP, que é uma instituição séria. Ele montou uma quadrilha com a Força-Tarefa da Lava Jato, inclusive para roubar dinheiro da Petrobrás e das empreiteiras. Se eu tivesse saído do Brasil eu seria tratado como fugitivo. Eu decidi ir para pertinho deles para poder provar para a sociedade”, declarou.

O ex-presidente ainda lembrou que a multidão presente em São Bernardo em 7 de abril de 2018 tentou impedir que ele fosse preso e reafirmou a gratidão pela mobilização feita em seu favor.

Após o discurso, Lula sai carregado pelo povo.

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: