8 de março de 2021
  • 21:23 Vivaldo Barbosa: A vitória da política de Lula é irresistível – é o Mandela libertado
  • 18:24 Sobre a volta de Lula, Saul Leblon vai ao ponto: “Só faltava um candidato, agora tem”
  • 15:44 Urgente!: Fachin acaba de anular todas as condenações de Lula e o torna elegível
  • 14:56 Ciro quer provar para os bolsonaristas que é mais imbecil que Bolsonaro
  • 14:30 O diabo não é tão feio quanto se pinta; foi assim que a mídia vendeu Bolsonaro

Depois dos insultos de Bolsonaro a China usando seu filho psicopata, Eduardo e o demente Ernesto Araújo, o maníaco do planalto tentou consertar a lambança ligando para Xi Jinping que não quis atender seu telefonema.

Segundo o Valor Econômico, a China levanta uma muralha contra qualquer outra resposta que não seja um pedido de desculpas do filho do presidente. Imbróglio mexe em ferida histórica da tortura e expulsão de nove chineses, em 1964, durante a ditadura, que governo brasileiro até hoje finge desconhecer.

O irresponsável que brinca com as vidas da população brasileira, achou que falava para seu gado premiado e, agora, o Brasil está na iminência de perder o maior parceiro comercial em plena pandemia de coronavírus.

A imbecilidade pode, inclusive, azedar uma ajuda fundamental da China no combate ao coronavírus no Brasil.

Então, ficamos na dependência de uma retratação pública a China de Bolsonaro depois desse ataque baixo do “chanceler brasileiro”.

Alguém imagina que Ernesto Araújo emitira essa nota estúpida sem o consentimento de Bolsonaro?

 

*Da redação

 

 

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: