21 de outubro de 2020
  • 00:00 Vídeo: A profecia de Elis Regina, em sua última entrevista, sobre a chegada do neofascismo no Brasil
  • 19:34 Brasil tem a maior inflação dos alimentos desde o início do Plano Real, em 1994
  • 18:11 Vídeo: Por que não causa indignação na mídia Moro libertar os doleiros da Lava Jato?
  • 15:38 Bolsonaro enfia o Brasil no meio da guerra comercial de EUA e China
  • 13:26 Brasil, o pior dos BRICS em 20 anos, teve sua economia detonada por Temer e Bolsonaro

Preso pelo assassinato de Marielle, o vizinho de Bolsonaro, Ronnie Lessa, que morava a 50 metros de sua casa, era o principal fornecedor de armas de grosso calibre para a milícia da zona oeste do Rio, como revelaram o Ministério Público e a Polícia Civil.

A polícia, além de tudo, garante que os 117 fuzis apreendidos em sua casa logo após a prisão, dá a Ronnie Lessa o título de maior traficante de armas do Rio de Janeiro.

Fala-se muito da reunião ministerial, das rachadinhas, do esquema corrupto do clã Bolsonaro, mas este fato faz todos outros parecerem brincadeira de criança. Com tanta coisa envolvendo o comando da PF nessa guerra entre Bolsonaro e Moro e um bandido dessa monta, vizinho de Bolsonaro, não entra nessa equação? Parece que todo mundo é vizinho de um grande traficante, de tão banal a forma com que isso está sendo colocado.

Parece que em cada esquina encontra-se um clã inteiro inimigo de Marielle, tal o pouco caso com que a própria mídia trata o assunto. Só o fato de Bolsonaro e Carlos serem vizinhos do assassino de Marielle, sendo eles inimigos dela, e Bolsonaro, um defensor declarado das milícias, já daria pra Bolsonaro e filhos saírem de Brasília algemados direto para a cadeia.

Imagina uma história como essa se, ao invés de Bolsonaro fosse Lula?

A tal reunião sobre a qual o vídeo será divulgado por Celso de Mello, em parte ou integral, tem relação direta com isso, até porque o tráfico internacional de armas era da alçada de Moro, de Valeixo no comando da PF e de Ramagem que, além de ser chefe da Abin, foi chefe da segurança de Bolsonaro quando candidato. E o maior traficante de armas do Rio, vizinho de um sujeito que diz ter sofrido um atentado à faca, e ninguém tem interesse em saber quem são seus vizinhos no condomínio? Ora, faça-me o favor!

Alguém viu Moro comentar sobre o tráfico de armas de Ronnie Lessa? Nem um pio.

A história envolvendo a família Bolsonaro com o assassino de Marielle está mais do que madura, bastando, portanto, uma sopradinha para que isso venha ao chão ao sol do meio-dia.

Até onde vai essa hipocrisia?

 

*Carlos Henrique Machado Freitas

Celeste Silveira

RELATED ARTICLES

4 COMMENTS

  1. Sonia Bastos Posted on 19 de maio de 2020 at 12:43

    Claro que sabiam, claro como a luz do sol!!!!

    Reply
  2. Pingback: Moro, Valeixo e Ramagem não sabiam que Ronnie Lessa, vizinho de Bozo, era o maior traficante de armas do Rio?  – Brasdangola Blogue
  3. Afonso Schroeder Posted on 19 de maio de 2020 at 16:27

    Lugar de Bozó-cloroquina deve fazer companhia ao Moro na Cadeia, condenou o ex-presidente (Lula) S/atos ilícitos comprovado pela INTERCEPT, cadeia aos dois elementos “Bozó e Moro”.

    Reply
  4. heritagedark Posted on 19 de maio de 2020 at 16:37

    Rsse porqueira de nome Bolsonaro é o mandante. Ele NÃO suporta MULHERES poderosas e mulheres!!
    Afetado emocionalmenteNÃO deve ter tido afeto por parte da mãe.
    Brasília virou putaria e a cafetina maior é …
    Advinha quem é! B O L S O N A R O!!

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: