12 de maio de 2021
  • 19:54 PF pede ao STF abertura de inquérito para investigar suspeita de pagamentos a Toffoli por venda de decisões
  • 18:34 Randolfe pede que TCU investigue gastos de churrasco de Bolsonaro: picanha a R$ 1.799,99 o quilo
  • 16:28 Vídeo – Massacre: Israel bombardeia a Palestina
  • 15:49 Negando o “tratoraço”, Bolsonaro chama jornalistas de “canalhas”
  • 14:00 Diretor-presidente da Anvisa diz que proposta de mudança da bula da cloroquina partiu da imunologista e oncologista Nísia Yamaguchi

Em meio a questionamentos sobre os métodos da Lava Jato, o Supremo Tribunal Federal tomará iniciativas para validar juridicamente as mensagens de Telegram envolvendo integrantes da operação.

Por meio do ministro Gilmar Mendes, o tribunal vai acionar a PGR (Procuradoria-Geral da República) para buscar verificar a autenticidade dos arquivos. Outros integrantes do STF apoiam o movimento de Gilmar nos bastidores.

Se a apuração atestar oficialmente a veracidade das mensagens, estas poderão ser usadas em processos com eventuais impactos sobre decisões judiciais e agentes públicos que atuaram na Lava Jato.

As conversas de Telegram, obtidas pelo The Intercept Brasil e divulgadas pelo site e por outros veículos, incluindo a Folha, expuseram a proximidade entre Sergio Moro e procuradores e colocaram em dúvida a imparcialidade, como juiz, do atual ministro da Justiça e a conduta da força-tarefa, incluindo o chefe, Deltan Dallagnol.

Como disse Lula, a casa dos lavajatistas está caindo.

Mas isso é só o começo do refluxo contra a organização criminosa de Curitiba que sequestrou o MPF, PF e Judiciário do Paraná.

O mais irônico é que a Globo que tem omitido os vazamentos do Intercept nos seus telejornais pra proteger Moro, o sócio da novela policialesca da qual a Globo foi a produtora, terá que dar essa notícia e não poderá mais dizer que vem de fonte ilegal se as mensagens vierem validadas pelo STF.

 

 

*Com informações da Folha

Celeste Silveira

Produtora cultural, parecerista de projetos culturais em âmbito nacional

RELATED ARTICLES

2 COMMENTS

  1. afonso Schroeder Posted on 4 de outubro de 2019 at 14:21

    Brasileiros Confiam e acreditam na “INTERCEPT”: Bozó com medo da verdade, porque? Queremos cadeia aos descumpridores da Constituição/88, mentirosos e irresponsável com o povo brasileiro devem ser colocados na cadeia, aguardamos a Justiça (STF) cumprir a Constituição/88 lugar desta quadrilha é cadeia. A INTERCEPT comprovadamente apontou estes criminosos ao povo brasileiro o ex-presidente (Lula) 100% inocente deve ser libertado e anulado todos processos indevidos contra Lula.

    Reply
  2. José Cesar Pereira Posted on 4 de outubro de 2019 at 20:09

    Esperamos que o STF não faça como fez o TSE quando se acorvardou e ignorou as “fake news” que elegeram o “bando de loucos”. Preferiu fazer uma entrevista coletiva para propagar “falsos álibis” para legitimar as eleições fraudadas de 2018. As principai falácias foram: “as eleições foram limpas e as instituições funcionando”. Sabemos que a eleições foram fraudadas pelo sequestro de Lula (mantido como preso político) e as “fake news geradoras de ódio e mortes”. Produzidas por robôs, pagas por empresários fascistas e divulgadas por “pastores do Demônio” em suas pregações hipócritas”, usando o nome de Deus em vão para enganar fiéis e atenderem seus interesses financeiros e políticos. O STF tem agora a oportunidade de atestar de forma formalizada a veracidade dos fatos revelados pelo “Intercept” e abrir caminho para que a justiça seja feita para Lula e que seus perseguidores paguem por seus crimes. #LulaLivre #LulaMereceNobelDaPaz

    Reply
LEAVE A COMMENT

Comente

%d blogueiros gostam disto: